Paroquianos pedem paz na última novena de Sant’Ana

A nona novena da 24ª Festa de Sant’Ana foi celebrada pelos devotos da Mãe e Mestra de Maria pedindo paz pela segurança do Estado do Rio Grande do Norte. Presidida pelo Pe. André Martins Melo, Administrador Paroquial de Sant’Ana, a última noite do novenário foi dedicada ao Soledade II e intencionada aos grupos de Pastoral da Juventude, Grupo de Escoteiros, Juventude Missionária, Legião de Maria Juvenil e Crisma.

Pe. André Martins Melo, Administrador Paroquial de Sant'Ana. CRÉDITO: Vitor Linhares

Pe. André Martins Melo, Administrador Paroquial de Sant’Ana.
CRÉDITO: Vitor Linhares

Os fiéis da Senhora Sant’Ana receberam bolas brancas para acenar durante a última novena de sua padroeira, em sinal de paz diante do cenário de insegurança que atinge o RN. A homilia do Pe. André Melo, refletiu sobre a paz e o fruto da justiça. “Nós não somos ratos para vivermos escondidos nesse momento em que passa a nossa sociedade. Precisamos juntar forças, então, nós cristãos, temos que rezar e ao mesmo tempo convocar a sociedade civil para passar esse momento de turbulência. Temos que afirmar sobre a paz”, destacou o sacerdote.

Amanhã, 31 de julho, a programação de encerramento da 24ª Festa de Sant’Ana no Soledade II permanece sem alterações. Pela manhã, acontecerá missa às 7h e batismo às 9h. À tarde, às 16h, terá Missa Solene de Encerramento seguida de procissão e Benção do Santíssimo na Matriz de Sant’Ana. 400 bolas brancas serão distribuídas no percurso da procissão em sinal do “sopro da paz”.

Na noite de hoje (30), o Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, emitiu uma nota de solidariedade às vítimas da onda de violência que atinge o Rio Grande do Norte. Você pode ler o texto, na íntegra, clicando aqui.

Arcebispo emite nota sobre onda de violência

Dom Jaime Vieira Rocha, Arcebispo de Natal. CRÉDITO: Iago Cavalcanti

Dom Jaime Vieira Rocha, Arcebispo Metropolitano de Natal.
CRÉDITO: Iago Cavalcanti

O Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, emitiu na noite deste sábado (30) uma nota de solidariedade às vítimas da onda de violência que atinge o Rio Grande do Norte.

Em seu texto, o chefe da Província Eclesiástica do Estado, destaca os valores da fé professada pelo povo de Deus e aponta que nenhum de nós deve ficar indiferente à crise que se abateu na segurança em nosso Estado.

Num dos trechos, ele diz: “Ficar e permanecer indiferentes, acuados ou reféns de atos de violência ou do medo, além de favorecer seus autores, dar-lhes a oportunidade de continuarem usurpando dos direitos e deveres do Estado democrático de direito, fundamento último da democracia e da cidadania de cada um de nós.”

Você pode ler o documento, na íntegra, clicando aqui.

Procissão de Sant’Ana tem percurso alterado

O ponto alto da Festa de Sant’Ana é a procissão, que acontece sempre na tarde do domingo que encerra os festejos à padroeira. Em 2016 a procissão será amanhã (31), às 17h30, logo após a Missa Solene de encerramento, saindo da Igreja Matriz do Soledade II.

Em virtude das obras de mobilidade urbana que acontecem no Soledade II, esse ano o trajeto da procissão sofre um pequeno desvio no percurso que já vem sendo adotado pela Paróquia de Sant’Ana há 3 anos. A mudança ocorre na altura da avenida Rio Doce, quando o cortejo entra na avenida Apucarana para chegar à avenida Itapetinga, no conjunto Santarém.

Confira o trajeto oficial da procissão da 24ª Festa de Sant’Ana:

  • Rua Chapada do Apodi
  • Rua Ilha de Marajó
  • Rua Cabo São Tomé
  • Av. Rio Doce
  • Av. Apucarana
  • Rua Araranguá
  • Av. Itapetinga
  • Rua Itaboraí
  • Av. Pico do Cabugi
  • Rua Porto de Ilheus
  • Rua Planalto Meridional
  • Rua Planalto Central
  • Rua Atol das Rocas
  • Rua Chapada do Apodi
  • Rua Ilha de São Paulo
Mapa da procissão de Sant'Ana para o ano de 2016. CRÉDITO: Vitor Linhares / Google Maps

Mapa da procissão de Sant’Ana para o ano de 2016.
CRÉDITO: Vitor Linhares / Google Maps