Quinta-feira Santa e o legado deixado por Jesus Cristo

Celebramos nesta quinta-feira, 29, a Quinta-feira Santa. Neste dia Jesus, já tendo consciência de que sua vida estava perto do fim, agiu para deixar à humanidade o sinal da sua existência e presença.

Nas celebrações por todo o mundo, nós recordamos a última ceia realizada por Jesus com a Missa da Ceia do Senhor. Assim, vivemos exatamente aquilo que Cristo vivenciou ao, antes de ser entregue, oferecer seu corpo e sangue como o pão e vinho à Deus. O Senhor orientou os Apóstolos para que fizessem o mesmo aos seus sucessores, vindo gerar o rito que é realizado até hoje.

Durante a missa também é realizado o rito do Lava-Pés. Nele relembramos a ocasião na qual Jesus lavou os pés dos seus treze discípulos. Esse gesto mostra a igualdade e humildade de Cristo perante os homens exalta o real valor do serviço realizado com e por amor. Trata-se do amor real com o serviço concreto e não apenas de palavra, como definiu o Papa Francisco durante sua homilia em 2016.

“Também vós deveis lavar os pés uns dos outros”. (Jo 13,12-14)

No dia de hoje os católicos celebram o legado de Jesus. A reflexão das leituras realizadas durante a celebração nos remetem ao verdadeiro sentido da caridade. O ser cristão no pensar e no agir. Por isso celebramos também a instituição do sacramento da Eucaristia, onde nosso “sim” é renovado perante Deus.

A Quinta-feira Santa marca o fim da vida terrena de Cristo e o início de seu reinado nos céus. É o dia em que vivemos na plenitude a herança que Ele deixou para todos nós.

Foto: Pascom Sant’Ana.